Visualizações

26/09/2012

Coisas Impossíveis de ter ...






Num momento a respiração envolve em sintonia com o desejo.
E noutro sentido a verdade de não poder.
Mas, como acreditar em valer apena, ou em não viver?
A melhor maneira de ver é sentir o quase impossível, em termos de saborear e permanecer em êxtase pleno ao contato. Sendo a verdadeira face. E por isso, não basta aceitar, e sim viver de lembranças.
Que ao olhar, permanecer vivo, mesmo não tendo.
Sentir e ao mesmo tempo, ser o que não foi e enxergar o que é.
Ouvir a voz e imaginar que não poderá acontecer, e mesmo não aceitando, as expectativas deixam marcas.
Não importa o que houve, o que acontece e o que irá acontecer, o impossível não vale apena aceitar... Apenas o destino deixa memórias agradáveis para entender o que significa recordar.



Katiúcia Almeida

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget