Visualizações

19/04/2016

"Esse medo que sobrepõe a vida de tantos lados. Na verdade, buscando a tal verdade de algo surreal, concretizando na melhor forma de ver sem perder o foco.
Aos destroços pelo chão, tentar sair desse lugar é uma esperança ora perdida, ora encontrada. 
Fazer ou desfazer laços num céu escuro sendo iluminado pela doce Lua, um encanto pelas sombras, com olhos famintos a te observar.
Seguir pelo caminho com névoas dentre ramos espinhosos, uma única escolha."

(K. A.)
Sabe aquela pessoa que te arranca um sorriso em dia de chuva?
Aquela pessoa que te deixa confortável?
Aquela pessoa que te mantém intacta em dizer uma só palavra? É você!
Quando alguém se importa, te dá atenção... e mesmo distantes permanece todos os dias ali. A qualquer momento, uma certeza de que a vida te entrega uma pessoa e você tem o poder de decidir permanecer com ela ou não. E desde esse dia... decidi deixar você aqui.
E ainda temos todo o tempo do mundo!
Um dia, outro dia... É agora!

(K. A.)
Sabe aquela velha estante onde guardava tuas recordações?
Ainda esta lá...
Mas, nada sobre você existe.
De repente, comecei a mudar...
Mudar de pensamentos, de sentimentos, de pessoas, mudar de uma única exceção.
Fui obrigada a permanecer no mesmo lugar onde todos passavam. 
Onde todos existiam. Menos eu.
Deixar o que me mantinha forte seria meu pesadelo.
Me enganei... era o que me enfraquecia.
Hoje, sinto minha força.
Minha única força para continuar...
Sendo e desejando tudo o que me faz bem. Tudo o que me fortalece.
De todas as pessoas, eu sou a protagonista...
Como posso deixar ir, o que sem mim nada existiria?

(K. A.)
Já se passou um ano e jamais encontrei pistas suas. Não tive uma única surpresa de você ainda estar próximo a mim, então, a hora pode ser essa... seguir em frente e viver Inexplicavelmente os vários momentos da vida. Os que deixei de viver e os que sem palavras me tornei.

(K. A.)
Depois de um tempo você percebe... percebe que nada faz sentido, até chegar um momento em que surpreendentemente as coisas acontecem sem você notar.
Uma palavra de carinho, atenção e um sentimento desesperador de quando a saudade invade.
Talvez o destino esteja te fazendo aceitar a vida como ela é. Ou não.
Mas, quem saberá o momento certo de tentar... senão você?
Tudo depende de como você olha o mundo... mas antes, olhe - se por dentro e viva!

(K. A.)
Em sua volta... olhe.
Observe cada palavra, cada passo.
Mas saiba, nem tudo é questão de olhos.
Tudo é questão de escolhas!


(K. A.)
Ela resolveu ir embora…
Talvez traçar um caminho longo, onde as pessoas não estivessem por perto.
Ou simplesmente querer ficar sozinha em meio a tantas pessoas que não serviam de nada.


(K. A.)
Alguns momentos podem ser tão simples e encantadores, que não conseguimos decifrá-los. 
Por mais intensos, sensíveis e plenos... nossa imaginação vai muito além do que está diante de nossos olhos.
Então, tudo começa a fazer sentido.
Pois, nem sempre o que está aqui ou ali, pode ser igual.
Somos nós quem mudamos e refazemos. Uma busca incessante e descontrolada por algo ou alguém. 
Até mesmo tudo a nossa volta.

(K. A.)
Ocorreu um erro neste gadget