Visualizações

19/04/2016

"Esse medo que sobrepõe a vida de tantos lados. Na verdade, buscando a tal verdade de algo surreal, concretizando na melhor forma de ver sem perder o foco.
Aos destroços pelo chão, tentar sair desse lugar é uma esperança ora perdida, ora encontrada. 
Fazer ou desfazer laços num céu escuro sendo iluminado pela doce Lua, um encanto pelas sombras, com olhos famintos a te observar.
Seguir pelo caminho com névoas dentre ramos espinhosos, uma única escolha."

(K. A.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget